ANO LETIVO ENCERRANDO

Volta às aulas em agosto

Para quem já está de férias este é o período para descansar

ferias

Apesar das dificuldades encontradas com as turmas, mais um semestre está acabando e as merecidas férias (Ufa!) chegando. Está cada vez mais difícil compreender onde estão os profissionais que o mercado deseja encontrar, já que as mudanças, com base nas atuais formatos de comportamento, ditados, basicamente, pelos relacionamentos virtuais, provocam muitos debates, mas sem muito embasamento. Quando este é oferecido nos encontros diurnos ou noturnos, a galera está mais atenta ao vídeo engraçado ou as trocas de mensagens online.

Hoje, as turmas são muitas, as diversidades de compreensão do mundo também, bem como do papel que os jovens vão desempenhar no mercado de trabalho amanhã, após formados. Muitos reconhecem a importância da vida digital e online, mas ainda não entenderam que o mercado, por mais transição que estejamos passando, vai se aprimorar com as possibilidades que eles irão apresentarem no futuro, quando estiverem atuando como profissionais capazes de oferecer ideias inovadoras para transformar as empresas que os acolherão.

Mas é fundamental, primeiro, corrigir a base da educação. De que adianta termos jovens que sabem tudo sobre o universo digital, mas que são petulantes, que não conseguem compreender um não como resposta ou que não podem tudo que querem, mesmo quando em sala de aula numa universidade particular. A maioria dos universitários quer mesmo é começar as aulas em fevereiro e sair de férias em março, apesar de reclamar que o semestre tem apenas quatro meses, dos quais apenas três são efetivamente de algum conteúdo. Quando recebem muito conteúdo, reclamam da quantidade, se for bom demais, reclamam que não entendem.

Bem, o que posso desejar, agora, é uma ótima férias para todos: alunos, professores e colaboradores, que transformam o sufoco do semestre em algo menos sofrido. Afinal, bastam as discussões (sem argumentos cabíveis sobre os problemas cotidianos nas áreas da política, economia, esportes) resultantes de paixões enlouquecedoras, pois precisamos mesmo é de conhecimento de causa para, no mínimo, iniciar uma conversa que tenha bom nível, coisa difícil nos tempos atuais da academia.

Então, por isso, tô saindo de férias!!!!

 

Anúncios