Protestos contra a corrupção

Manifestantes marcham contra supersalários, foro privilegiado e ficha suja.

rsz_algema-Não apenas os supersalários mancham a nossa honra, mas, também, o fato de apenas um pequeno grupo de brasileiros tentar, através de movimentos como os verificados neste feriado (2104), mostrar o quanto estamos atrasados em relação a verdadeia democracia. Este é um país onde os políticos mandam, desmandam, fazem o que querem e ninguém faz absolutamente nada. Os políticos legislam em causa própria e as leis, pífias, que discutem e promulgam em nada contribui para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, da sociedade.

Somos vítimas de ambos os lados. Dos políticos que deveriam nos defender e dos demais, aqueles que estão entre nós, praticando roubos, assaltos, estupros, desviando dinheiro público, e “decretando” nossa pena de morte, por causa de um punhado de moeda, pror um carro “pedido”, por uma carga valiosa ou mesmo sem valor, por uma camisa ou tênis de marca.

Enfim, o Brasil não caminha para uma verdadeira decmocracia. Caminha para o desastre, para um desvio completo de valores, onde os grupos se formam – os políticos e seus interesses mesquinhos e individuais – os malucos que querem transformar as comunidades em seus redutos de tráfico, prostituição, de uso deliberado de entorpecentes, de músicas que deveriam servir para educação, mas que atiçam a violência, a morte aos pais de família, aos trabalhadores que não pertecem ou não compatilham de suas ideias e ideais, bem como não querem se envolver ou permitir que seus filhos sejam presas fáceis para seus objetivos.

Mais ainda, vivemos presos, enquanto os grupos de criminosos, traficantes, exploradores, entre eles, alguns nobres políticos de Brasília, circulam livremente. Temos que conviver com isso até quando, pergunto.

Por essa razão, as notícias publicadas pelo G1, neste feriado, mostram apenas um sinal de que poucos, muito poucos brasileiros ainda querem mudanças. Mas eles são poucos, precisariam de nosso apio, o apoio dos brasileiros de bem, de verdade, para modificar o que está ai. Municiar de inspirações os políticos de bem e fazê-los propor uma limpeza geral. Ou quem sabe começar uma mudança que permita educar melhor as novas gerações, para que seja respeitado o direito do outro…

Do G1, em São Paulo*

Manifestantes de vários estados brasileiros organizam protestos neste sábado (21) contra a corrupção na política. Os grupos se organizaram para as marchas pelas redes sociais e pedem o fim do foro privilegiado para parlamentares, a reversão de aumentos de salários de vereadores e a obrigatoriedade de ficha limpa para candidatos a cargos eletivos. Os organizadores do movimento estimam que cerca de 80 cidades promovam protestos neste sábado.

Jovem pintou o rosto para participar de marcha contra a corrupção em Brasília neste sábado (21) (Foto: Eraldo Peres/AP)
Jovem pintou o rosto para participar de marcha contra a corrupção no DF neste sábado (Foto: Eraldo Peres/AP)

Distrito Federal
Em Brasília, manifestantes saíram em passeata a partir das 10h na Esplanada dos Ministérios. Eles pediram agilidade no julgamento do mensalão, ficha limpa para todos os cargos públicos, o fim do voto secreto no Congresso e a transformação de corrupção em crime hediondo. Segundo os organizadores, a manifestação reunia 20 mil pessoas às 10h. A Polícia Militar estimou em 3 mil o número de participantes.

Giderclay Zaballos, um dos organizadores do Movimento Brasil Contra a Corrupção, falou ao G1 da necessidade de protestar contra a corrupção. “Nós estamos aqui de novo porque estamos indignados. Se não houvesse nada disso [corrupção], a gente estaria aqui apenas curtindo a festa de Brasília. Mas não, viemos aqui para protestar contra tudo isso que está acontecendo.”

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal, Francisco Caputo, participou da manifestação.”Esse movimento ele é bonito porque ele é espontâneo, ele nao tem dono, ele é de todos nós, que queremos o melhor para o Distrito Federal. Esse movimento é de todos aqueles que já nao aguentam mais essa impunidade que ainda existe em nosso país, todos nós que nao aguentamos mais os desvios dos políticos, das empresas.”

Paraná
Em Curitiba, centenas de pessoas se reuniram no centro durante a manhã para participar da marcha. O movimento também foi chamado de “Dia do Basta Contra a Corrupção”. Os organizadores pediram aos manifestantes levassem o título de eleitor, para colher assinaturas para projetos de lei e abaixo-assinados de interesse público.

Entre as bandeiras levantadas pelo movimento estão a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e o fim do foro privilegiado para parlamentares.

Espírito Santo
Moradores da cidade de Guarapari, na Grande Vitória, fizeram uma manifestação na manhã deste sábado contra o aumento dos salários dos vereadores. Eles fincaram 148 cruzes na areia da Praia do Morro, para simbolizar o percentual de 148% de aumento, aprovado em dezembro, e colheram assinaturas da população.

Protesto contra salário de vereadores em Guarapari (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Protesto contra salário de vereadores em Guarapari
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Um dos organizadores da manifestação, Rafael Vaillant, informou que o abaixo-assinado deve ser encaminhado ao Ministério Público. “O próximo passo que a gente deve dar com as assinaturas é ir até o Ministério Público. Um outro objetivo nosso é criar um projeto de lei para regulamentarmos os salários desses vereadores”, comentou.

O aposentado Silas de Souza mostrou-se indignado com o aumento. “É um absurdo isso. A gente aposenta com um salário mínimo, enquanto os vereadores ficam ganhando um absurdo de dinheiro”, falou.

Anúncios